segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Hiyashi Soumen-冷やしそうめん (Parte II)

Continuando a postagem sobre o famoso macarrão gelado, segue uma pequena curiosidade.

No Japão, é comum encontrar competições ou eventos com o 流しそうめん (Nagashi Soumen -  a melhor tradução que pude pensar foi "Correnteza de Macarrão") em que canaletas de bambu ficam inclinadas com água corrente e porções de macarrão escoam até que sejam "fisgados" por alguém ou até que alcance o destino final. Existem até restaurantes que funcionam nesse mesmo esquema!


E por quê não levar a diversão para a casa? No Japão é possível comprar o seu próprio maquinário de Nagashi Soumen e comer feliz com a família. Haha... Quem quer um também, levante a mão! o/

sábado, 10 de novembro de 2012

Hiyashi Soumen-冷やしそうめん (Parte I)

Neste calor anormal em pleno início de novembro, às vezes não dá nem vontade de chegar perto de um fogão e cozinhar. Um dos pratos que simplesmente salvam as noites de verão é o Hiyashi Soumen (macarrão gelado), um macarrão feito de farinha de trigo bem fino, servido com um caldo Tsuyu à base de peixe.

Geralmente é servido com alguns acompanhamentos clássicos como tiras de omelete, presunto, pepino, cogumelo, muito negui (cebolinha) picado e outros, livres à imaginação de quem o preparar. É um ótimo prato para dividir com amigos e familiares e reunir-se ao redor da mesa.

As variações para o preparo do Tsuyu são inúmeras, mas a base é o dashi, o caldo à base de peixe que pode ser utilizado para diversos pratos orientais.


Ingredientes:

*Não tenho uma quantidade exata, mas a proporção abaixo deve bastar para 1 litro de água.

Para o Tsuyu tradicional:

- 2 colheres Katsuobushi (Lascas de Bonito seco)
- 1 pedaço pequeno (15cm) Kombu (Alga seca)
- 1 litro de água
- 2 col. sopa de Mirin (Vinho de arroz)
- 2 col. sopa de açúcar
- 1/2 pacote de Hondashi (Tempero de peixe)
- Shoyu à gosto (Molho de soja)

Opcional: É possível adicionar durante o cozimento do caldo, alguns ingredientes extras como cogumelos shitake, cenoura e gobo (bardana) para deixa-lo ainda mais saboroso e após, utiliza-los como acompanhamento, cortando-os em tiras.

Modo de Preparo:

Ferva a água com o katsuo e o kombu e deixe que os dois ingredientes liberem o sabor por bastante tempo até formar a base do dashi, em fogo brando. Após o caldo ficar pronto, tempere com o Hondashi, o açúcar, o Mirin e o Shoyu à gosto e aguarde mais alguns minutos.


Para o macarrão Soumen:

Ferva a água com um pouco de sal e adicione o macarrão por 3 minutos, até que fique cozido e engrosse levemente. Retire-o em seguida e lave bem debaixo de água corrente fria até que o macarrão resfrie bem e interrompa o cozimento! Escorra a água e disponha o macarrão cozido em uma bandeja ou vasilhame com água gelada e cubos de gelo. Gosto de adicionar rodelas de limão para refrescar ainda mais e dar uma enfeitada.

Para os acompanhamentos, algumas opções seguem abaixo. Confesso que na maioria das vezes faço o tsuyu e o macarrão, no máximo um omelete com cebolinha, que já mato as lombrigas.

Para uma porção individual, é só ajeitar o macarrão em uma vasilha com os acompanhamentos e adicionar o caldo gelado (com alguns cubos de gelo, se preferir!). Quando a família come reunida, coloco os acompanhamentos separados para que cada um possa pegar o que mais gosta e ficar à disposição de todos.

Acompanhamentos:

- Cogumelos cozidos
- Kombu utilizado no cozimento em tiras
- Presunto em tiras
- Omelete em tiras
- Cebolinha
- Pepino em tiras
- Cenoura (levemente cozida e ralada em tiras finas)
- Aguê (Tofu frito)
- Tomate

Dica! Em alguns lugares onde vende-se produtos orientais, é possível encontrar o tsuyu já pronto. Mas, atente-se que existem vários tipos!