quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Starbucks - Center 3

E um dia de muita anarquia, resolvi almoçar sobremesa. Um dos lados bons de ser gente grande!!! Rs. Por que não, não é mesmo??? Como a vontade de chocolate era grande (sempre!), resolvemos ir no Starbucks. Pedi um Muffin de Parmesão + Brownie de Chocolate com Doce de Leite e o F.H. também um Muffin de Parmesão + Java Chip + Espresso Brownie & Chocolate Meio Amargo

O Starbucks é uma rede americana, aberta com o intuito de comercializar cafés de alta qualidade, e foi baseado nos famosos bares de café espresso da Itália. Hoje é uma febre no mundo inteiro (graças também aos filmes americanos) e sinônimo de fast beverage. Rede que comercializa bebidas a base de café, creme, batidas com gelo e chás, com ambientes onde podemos reunir os amigos para um bom papo com café e outras gordices.

Acho bem difícil encontrar brownies em restaurantes, lanchonetes que eu goste bastante! Geralmente são enjoativos demais. (>w<) Gosto de chocolate meio amargo, porém, o do Starbucks carrega no rum legal. Pra quem curte bebida no doce, recomendo! Particularmente acho muito forte (a maioria sabe desse meu ponto fraco! =x Rs.). O de Doce de Leite pode ser un petit enjoativo, mas mata as lombrigas de chocolote! E a ganache que vem em cima é levemente amarga. Gosto bastante! =)))

Brownie de Chocolate com Doce de Leite - R$6,50

Espresso Brownie & Chocolate Meio Amargo - R$6,50

O magro do F.H., para não perder o costume, pediu o Java Chip. Uma mistura de café, creme chantilly, calda de chocolate, leite, gelo e chips de chocolate. Tall - R$11,00; Grande - R$12,50; Venti - R$14,60.

Java Chip (base café - Grande) - R$12,50

Uma boa opção para salgado, como lanche da tarde ou café da manhã super recomendo o Muffin de Parmesão. A massa é bem leve, e como esquentam no forno antes de servir a crosta de queijo em cima fica bem crocante. =) Ponto positivo!

Muffin de Parmesão - R$7,90


Maiores informações:

Starbucks - Center 3
Av. Paulista, 2064 - Piso Augusta
São Paulo - SP
(11) 3171-1266
Seg a sex: 8h às 22h
Sáb, dom e feriado: 10h às 22h

Outras lojas, clique aqui.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Dia Mundial do Macarrão

Criado no dia 25 de Outubro de 1995, durante o Congresso Mundial de Macarrão, realizado em Roma, que reuniu os principais fabricantes do mundo. Desde então, a data é comemorada em diversos países, com o objetivo de difundir os benefício do macarrão e aumentar o consumo per capita.

No Brasil, a dara é promovida pela Abima - Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias. E o Brasil representando pela importante participação no mercado de massas foi sede do IV Congresso Mundial de Macarrão, que ocorreu no Rio de Janeiro em 2010.

De vez em quando rola uma vontade louca de comer macarrão de massa fresca e acabo na cozinha. Apesar de fazer um tempão que não faço, utilizo a receita básica, faço na mão mesmo e abro com o "rolo" improvisado de uma garrafa de sakê! Rsrsrs. Tenho tido a sorte de ganhar de uns tempos para cá um pacotão de massa fresca da vovó da J.F., que sempre com coração de Nonna manda para mim quando prepara um pouco.

E em comemoração ao Dia do Macarrão, vou postar primeiramente a receita de massa fresca. Os acompanhamentos e modos de preparo seguirão em posts futuros. A proporção será sempre para 1 pessoa, 100g de farinha de trigo e 1 ovo. Aí é só fazer as contas e multiplicar pela quantidade dos gulosos ou pelo tamanho da fome!!! Rsrs.

O preparo é bem simples. Posto depois as fotos com o passo a passo! =)

Faça um montinho de farinha, assente uma "vala" no meio do monte e quebre o(s) ovo(s).


Com movimentos circulares e com a ajuda de um garfo, misture a farinha e o ovo devagar, até atingir uma massa quase uniforme. Aí, chega a hora de botar as mãos na massa! Sove bem até homogeneizar a massa e ela ficar "lisinha". Faça uma bola e descanse por cerca de 30 minutos a 1 hora debaixo de um pano úmido.

Não esqueçam de polvilhar farinha na superfície antes, para não grudar. Abra bem a massa, dobre-a no meio e abra novamente. Repita o processo umas 5 vezes com o utensílio de sua preferência. Rolo de massa ou máquina de macarrão (sonho de consumo!!!), até a massa ficar bem lisinha. Quando atingir a textura ideal, abra na espessura que preferir (lembrando que ela dá uma leve inchada na fervura) e corte as tiras como preferir. Linguine, Talharim, Papardelle... (veja aqui outros tipos de massa).

Diferente das massas industrializadas, a massa fresca fica pronta bem mais rápida. Então, na hora do preparo, atentem bem para o tempo de cozimento que varia de acordo com a espessura da massa. Ok? Aí fica à gosto do cliente. Eu curto a massa bem al dente e fininha, quase transparente (que só se consegue quando feita em máquina).

Bom, como ando ocupada com algumas coisas, posto depois as receitas e fotos. E espero que assim como aconteceu comigo, após o preparo da massa fresca, também se apaixonem um pouco mais pela cozinha!!!

Para quem quiser comemorar o dia, mas com a preguiça de ir à cozinha, segue a dica da de restaurantes com promoções na página da UOL. (clique aqui)

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Dona Deôla


Dona Deôla é uma padaria super conceituada de São Paulo. Aberta em 1948, pela imigrante portuguesa Dona Deolinda, e que na época levava o nome de Padaria do Lar, no bairro da Pompéia, tornou-se bastante famosa por suas receitas especiais. Infelizmente acabou vendendo o estabelecimento e apenas em 1996 os netos, em sua homenagem, reabriram a padaria no mesmo local com o nome de Dona Deôla. Por mesclar o conceito de padaria com lanchonete, ganhou destaque na região, motivo de sua expansão. No total, são 4 padarias que tem a missão de levar ao cliente a mesma qualidade e tradição, herança de D. Deolinda. 

Foi apenas esse ano que fiquei a conhecer essa padoca (que ainda serviu o buffet da formatura da POLI desse ano ^^). De tanto que o pessoal fala sobre o bolo de Bem Casado, fomos numa noite na Deôla do Alto da Lapa, comer um pedaço desse bendito. Deu que no dia, estava com a maior dor de estômago e só comi um tequinho para não passar vontade. =( Acabei não aproveitando nada. Func func.

Mas, num feriado que passou, fomos no Dona Deôla do Granja Viana, comer o café da manhã, em um tipo de all you can eat buffet (coma à vontade). Foi o dia em que pude me redimir!!! Rs.


Pagando apenas R$ 24,90 você pode ficar a manhã inteira comendo as delícias servidas no café da manhã. Pães, bolos, frios, frutas... tudo da melhor qualidade e bem fresquinho!!! =)


Fica até difícil dosar na hora de se servir. Mas deixo a dica para que não se afobem logo de cara. Comecem devagar, olhando bem o que está servido, tendo em mente que se pode pedir um omelete e tapioca recheados, para as garçonetes. Nada de desperdício, pessoal!!!

Mangiare!!!

Para os saudáveis e naturebas, frutas frescas, cereais, salada de frutas, frios e iogurtes naturais para não ficar com peso na consciência mais tarde. Rs.

Frutas e frios

Para os pecadores assumidos, bolos, tortas e pães de todos os tipos, formas e sabores! Agora, fala se dá pra manter a dieta desse jeito??? Rsrs. Nem vale a pena pensar nisso na D. Deôla.

Bolos caseiros

Pãezinhos fresquinhos

Bom, tinha que tirar uma foto dessa maravilha. Bacon=vida!!! Para um café da manhã no estilo gringo, bacon, ovos, salsicha no molho e até purê de batata!!! =)

Bacon e ovo mexido. Nham nham.

Não sei se os sabores de suco variam, quando fomos, era o clássico suco de Laranja e o de Melancia. Para beber também, café, leite, achocolatado e chá. 

Café, leite, chá e sucos. Tudo à vontade!

O ambiente é bem gostoso. O espaço do Granja Viana é grande e sossegado com uma vista bem legal. Chegamos relativamente cedo, umas 9h30. Meio tarde para um café da manhã, mas, o movimento vai até o almoço. Ficamos até umas 11h30 e ainda estava cheio.


O estacionamento é gratuito. Um pouco longe de se chegar, mas preferimos pois, o espaço é maior e não chega a encher tanto quanto as outras. O serviço é bom! Ponto positivo. Aceita VR (uhuul!), cartão de crédito e débito (Master e Visa). Pode parecer meio caro, mas pela qualidade oferecida e ser à vonts, posso falar que dá até para dispensar o almoço dependendo do horário que forem. As 4 padarias são 24 horas, com exceção da unidade Pompéia que aos domingos fecha mais cedo. Quando fomos na do Alto da Lapa, umas 21h ficamos esperando para poder estacionar o carro, fica num canto complicado de se parar. E um dia eu consigo comer um pedaço decente do bolo de Bem Casado!!! Hehe...

Maiores informações:

Dona Deôla - Granja Viana (24h)
Rodovia Raposo Tavares, km 22
(11) 4612-2288

Pompéia (24h. Domingos até 22h)
Avenida Pompéia, 1937
(11) 3672-6600

Alto da Lapa (24h)
Rua Pio XI, 1377
(11) 3022-5640

Higienópolis (24h)
Rua Conselheiro Brotero, 1422
(11) 3826-4648

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Digno de Chocolote

Uma boa surpresa que, com segundas intenções ou não, vale um post no blog porque adorei recebê-lo! Melhor que um peixe no aquário! =X hahaha... namorei há muito esse livro e apenas por falta de coragem não o comprava. Em homenagem ao título do blog, tive que postá-lo e dividir essa nova aquisição!!!

Petit Larousse do Chocolate, um livro com receitas testadas por chefs e estudantes confeiteiros da Le Cordon Bleu, garantindo perfeito resultado e com a preocupação de compor o livro com receitas que utilizam ingredientes de fácil aquisição no comércio.


O Le Cordon Bleu foi a primeira escola de culinária e confeitaria de Paris, fundada em 1895. Reconhecida internacionalmente pela excelência da cozinha francesa. Presente em 20 países com mais de 30 escolas de formação nas áreas gastronômicas, gestão hoteleira e restauração.


O bom deste livro são as dicas de técnicas bases simplificadas e cedidas pela escola, em fotos passo a passo de simples entendimento. São 6 capítulos, divididos em Bolos Apetitosos e Macios; Tortas em Profusão; Delícias de Musse; Delícias de Creme; Sabores Gelados, Sabores para Beber; Pequenas Delícias para Compartilhar e Guloseimas Delicadas. 170 receitas no total que valorizam o chocolate, descrito em seu prefácio pelo Chefe Executivo da Le Cordon Bleu e Vice-presidente Internacional do Depto. de Educação e Desenvolvimento Patrick Martin.

Técnicas de suspiro e preparo de formas para suflê

Como enrolar pão de ló e cobrir um bolo

Só de folhear o livro, ficamos com água na boca e desejos de chocolotes. Já escolhi a primeira receita que irei testar - depois de fazer as encomendas de chocolate. Posto o resultado logo mais!!! E finalizo este post agradecendo de coração o enemo K.H.! ^^ Arigatou gozaimasu!!!

Maiores informações:

Petit Larousse do Chocolate

Editora: Larousse
Tradução: Suzete Casselarte
Ano: 2010
Edição:
Páginas: 384 (capa dura)
Dimensão: 24,4 x 20cm
Onde encontrar: Livraria Cultura, Fnac, Saraiva
Preço Médio: R$79,90 - R$99,90

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Stuppendo

Mais um rolê gastronário de final de semana! \o/ Só engordando nessa chuva sem fim de São Paulo, assim fica difícil! hahaha... Recomendado por amigos, fiquei sabendo dessa sorveteria do chef e apresentador de televisão Edu Guedes.

O Stuppendo é um projeto de 11 anos atrás, localizado no bairro de Moema. O chef criou com a intenção de produzir sorvetes com frutas frescas e orgânicas com maquinários importados da Itália, onde estudou gastronomia. Apresenta vários sabores de sorvete e opções de acompanhamento. Fica bastante difícil escolher, mas, temos a opção de experimentar um teco de cada. Experimentei o de cookies e aprovei!

Desde 1996


Metade dos sabores
Não pude tirar foto da outra metade... =(

Para um domingo chuvoso, a casa estava até que movimentada! Bom sinal! =) O pessoal achou um pouco caro, mas, para os padrões de São Paulo, localização e por oferecer sabores bem exóticos até dá pra relevar esse aspecto.

Tamanho 1 - R$9,00 / Tamanho 2 - R$12,00
(até 2 sabores)

Preços e outras sugestões
para matar a fome!

Bolo com Sorvete - R$18,00

Cookies (5 unid.) - R$9,00

Pão de Mel - R$8,00

1/2 kg Bem Casado + Petit Gateau - R$32,00

Estávamos em 6 e para baratear o custo pedimos 1/2 kg de sorvete com a opção de até 2 sabores (vem em pote de isopor para viagem). A escolha da maioria foi o de Bem Casado e o de Petit Gateau - alguém notou a bela proporção dos dois sabores???  Veio muuuito mais BC que PG! =P Mas, os dois são bem gostosos! Acabou saindo R$5,35 por pessoa e todos foram bem servidos, bem razoável né? ^^ Se voltarmos lá, será com a intenção de experimentar os sabores mais diferentes como de Chá VerdeMascarpone MorangoMaçã VerdeZabaione com Chocolate, Parmesão (pq não?)... bom, a lista de sabores exóticos é extensa e dá vontade de experimentar todos. Quem quiser dar uma conferida é só entrar no site do Stuppendo e clicar em Cardápio.

A localização é boa, região bastante sossegada, com algumas opções de restaurantes por perto, o que complica é o barulho dos aviões passando. Tem dois ambientes externos e no total são 44 lugares disponíveis. É rolê pra ir de carro mesmo, e como a fama é grande, principalmente em dias quentes e finais de semana a competição é grande para encontrar uma vaga, já que a área é bem residencial. Tem serviço de Vallet que sai por R$8,00, mas, como era um domingo chuvoso, conseguimos parar na rua rapidinho. \o/ Não tenho muita certeza, mas acho que só aceitavam Visa, Rede Shop e trabalham com cheque.

Nota: O Mit experimentou o de Brownie e gostou bastante!!! Experimentamos também o de Cookies que pode ficar para uma próxima pedida!!! Fica a dica! =)


Maiores informações:

Rua Canário, 1321
Moema - São Paulo
(11) 5093-2967
Seg à sex: 12h30 às 22h
Sáb e dom: 12h30 às 23h

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Petit Gateau

Para quem não sabe, o Petit Gateau foi uma daquelas receitas que deram errado na cozinha... maravilhosamente errado!  Rs. A origem de seu inventor ainda é incerta, França, Estados Unidos, chefe francês radicado nos estados unidos... o fato é, todos querem ser o autor do bolinho de chocolate que nunca cresceu! Rsrs.

Fazia muito tempo que não fazia essa receita, mas, aproveitando esses dias chuvosos que nem dá vontade de sair de casa juntando a louca vontade de comer chocolote, resolvi ir pra cozinha. Meu pai encontrou essa receita por aí, nem eu sei ao certo a origem dela, mas, testamos, adoramos e desde então só fazemos esta! =) São poucos ingredientes e super fácil de se preparar.

Petit Gateau

Ingredientes:

- 100g de manteiga sem sal (a receita original pede 200g, mas fica muito gordurosa!)
- 270g de chocolate meio-amargo
- 2 ovos inteiros
- 2 gemas
- 2 col. sopa de farinha
- 2 col. sopa de açúcar (podem colocar 1 ou 2 col. a mais se gostarem de mais doce!)

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno à 180ºC.

Derreta a manteiga com o chocolate (no microondas ou banho maria) e esfrie.


Bata bem os ovos + gemas + açúcar até criar uma mistura homogênea, levemente aerada e amarelo claro. *Detalhe que na foto abaixo bati os ovos, acrescentei o açúcar para depois bater freneticamente até clarear a mistura. Mais fácil para quem tiver um fouet grande ou batedeira elétrica. Mas, meu fouetzinho que comprei no Nihon já quebra o maior galho!!! =)




Junte aos poucos o chocolate + manteiga derretidos e mexa bem! (Importante não deixar o calor do chocolate cozinhar os ovos! Usem os muques, people! Hahaha...) Acrescente as colheres de farinha peneirada mexendo cuidadosamente para não empelotar. O resultado é uma massa bastante densa e um pouco "gelatinosa".



Em forminhas untadas com manteiga e farinha, coloque a massa até a metade e asse por cerca de 8~10 minutos (pode variar de acordo com o forno!), mas fique de olho até a massa crescer de leve, as bordas se firmarem e o centro continuar meio "mole". O rendimento da receita varia de acordo com o tamanho das forminhas. Com uma receita, consigo tirar mais ou menos 12 bolinhos médios.



Dica! Gosto de colocar as forminhas já com a massa na geladeira por alguns minutos antes de assá-los. É um pouco mais fácil acertar o ponto do cozimento! =) Como acompanhamento, calda de chocolate quente, chantilly, sorvete, frutas, nutella, geléia, um bom espresso... e o que mais as lombrigas pedirem!!! Rs...

Espero que gostem do resultado!!! =)

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Lamen, bolo de chocolote e 9 meses

Em prol das coisas boas que estão acontecendo e aproveitando os completos 9 meses de De e Mit, a noite de terça (04.10) foi de Lamen Kazu, e bolo de chocolote da Ofner. =9

Lamen Kazu

Chegamos umas 22h e a casa ainda estava cheia! Isso porque o horário de funcionamento é até as 22h30 e era uma noite de terça-feira!!! O Lamen Kazu se destaca em seus pratos por proporcionar a seus clientes uma experiência bastante próxima do verdadeiro lamen do Japão. Com produtos importados diretamente de lá, seu cardápio oferece as tradicionais variações de lamens regionais Shio Ramen, Shoyu Ramen e Missô Ramen. Futuramente faço um post sobre a história do lamen. ^^

Como sempre, o meu pedido foi o clássico Shio Ramen, pois, gosto de sentir o sabor do caldo em si (que na minha opinião fica um pouco mascarado quando adicionado o missô e o shoyu). Acompanha tyashu (carne de porco), cebolinha, wakame (alga), nori (alga desidratada com sal), moyashi (broto de feijão), menma (broto de bambu em conserva). Reparem que a foto já é de um ramen já comido, porque a fome era tanta que esqueci de tirá-la antes! ^^"

Shio Ramen - R$20,00

E o clássico Mit é o Shio Yassai Ippai Ramen. Que vem com os mesmos acompanhamentos, mas com montes de legumes e vegetais cozidos. Bem saudável! =)

Shio Yassai Ippai Ramen - R$23,00

É uma porção bem servida e tem mais opções de acompanhamento que você paga um extra (ovo, milho, + carne de porco e outros...), não é possível pedir refil de macarrão, mas para quem achar pouco, vale pedir uma porção de Gyozá, massa recheada com carne de porco e legumes, cozido no vapor. Ou uma porção de Tyahan, um tipo de risoto frito. No verão, a casa apresenta pratos típicos e gelados de macarrão. =)


No caminho de casa já pensando num agrado de sobremesa para comemorarmos, passei na Ofner do Center 3 e as opções já não eram tantas pelo horário, mas, as duas últimas fatias de bolo de chocolote me imploraram para não deixa-las sozinhas!!! Rsrs...

Bolo de Chocolate - R$6,80 cada

*chocolooootes*
O Mit achou meio doce, mas a chocólatra aqui curtiu bastante! O recheio é bem suave, parece um mousse levemente amargo. A massa é sequinha e tem uma cobertura que não conseguimos definir, mas gira em torno de um souflé mais firme com raspas de chocolote. *Thumbs up, people*

Maiores informações:

Lamen Kazu
R. Thomaz Gonzaga, 51
Liberdade - São Paulo
(11) 3277-4286
Aberto diariamente.
Seg a sáb: 11h às 15h (almoço) e 18h às 22h30 (jantar)
Domingos: 11h às 15h (almoço) e 18h às 21h (jantar)

Ofner - Center 3
R. Augusta, 1611 - Loja 31
Cerqueira César - São Paulo
(11) 3253-8940

terça-feira, 4 de outubro de 2011

A Chapa - Aclimação


Nessa onda de classificar nossos rolês gastronários e com a ideia de post já em mente, fomos comer lá no "A Chapa" que nunca tinha ido. =) Chegando lá sentimos um ambiente de lanchonete dos anos 60, com bancos de couro e decoração pastel. Televisão para assistir a novela ou o futebolzinho e opção de comer no balcão.


Tinha algumas opções da casa no menu, mas sem muita fome, acabamos "montando" nosso lanche de acordo com as vontades/necessidades na seção Burguers do cardápio. Escolhi o Hamburguer Bacon + Queijo Simples (rsrs... porque bacon é vida!) e o Mit, o Hamburguer Egg + Queijo Duplo na chapa. =)



Hamburguer Bacon + Queijo Simples


Hamburguer Egg + Queijo Duplo na Chapa

Batata porção grande (R$12,50) para acompanhar. Hamburguer de tamanho bom, veio um pouco passado demais na minha opinião e não vem maionese ou molho (nem temos essa opção no cardápio), somente ketchup e mostarda na mesa. Então os lanches acabam ficando um pouco seco demais. A porção de batatas é bem servida, mas não se destaca tanto assim e podíamos ter facilmente pedido a porção individual que sairia R$8,00.

Batatas Porção Grande - R$12,50

Mas o destaque, a estrela, o protagonista da noite foi essa maravilha do mundo!!!!!!!!!!!!!! Posso nadar numa banheira de Oreo Shake pelo resto da vida! hahaha... Dividimos a taça de 300ml que vem até uma colher para caçar os nacos de oreo que se perdem no sorvete. *nham nham*


"Happy Denise, is very happy!!!"

Oreo Shake 300ml - R$13,50

O atendimento foi bom e rápido. Talvez até porque o movimento ainda estava bastante tranquilo. O espaço não é muito grande, mas, na Aclimação, contamos com duas unidades no mesmo quarteirão. Algumas unidades possuem estacionamento conveniados ou próprios que se paga junto com a conta, mas conseguimos para o carro na rua de trás, porque chegamos umas 19h00 para um jantar cedo de casal idoso! Rs. Aceita débito e crédito e VR graçazadeus! hahahah... volto lá só pra me banhar no Oreo Shake e para experimentar o  Garden Monsterburguer! hohoho...



Maiores informações:

R. Heitor Peixoto, 478 - Aclimação
Tel: (11) 3277-6866

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Hamburgueria 162

Sexta passada, para celebrar que o VR de todo mundo caiu, fomos na "Hamburgueria 162". Fomos umas 13:15 correndo porque o ambiente é pequenino e a casa lota sempre! Chegamos e já fizemos nosso pedido, acabei montando meu burgão "Hamburguer + Ovo + Queijo Prato + Bacon" (que sai R$15,00) o mesmo foi pedido pela companheira de almoço J.F. com um adicional de "Maionese Aioli" de alho por R$1,00 a mais e dividimos uma porção individual de Asas de Frango Crocante (R$4,00).

Hamburguer 150gr + Ovo + Bacon + Queijo Prato *nham*

Esse é um lanche da casa "Hamburguer de Frango Crocante", com pão de hamburguer tradicional, hamburguer artesanal de frango temperado em crosta crocante de gergelim, queijo catupiry e alface americana (R$18,50).

Hamburguer de Frango Crocante

Esqueci de tirar a foto das lindas asinhas de frango que vieram pelando e bastante "croc croc"!!! Rsrs... um bom acompanhamento!!! Mas prefiro a "Batata 162" (R$5,00 - individual e R$11,00 - grande). Só não tirei foto porque o pedido da galera chegou e acabou *vuash* de tanta fome que estavam!

E para acompanhar, um long neck de Itubaína retrô (R$3,00). ^^

Galera da firma do Seu Ed e minha cara feliz... NOT! haha...

O lugar é bem modesto, como não é muito grande há bastante chance de chegar e ficar na espera para ser atendido ou sentado na mesa. Não tem estacionamento, mas a localização é boa (próx. ao metrô Consolação), o atendimento varia entre bom e regular.. O preço achei bastante razoável pela qualidade/quantidade, mas viva o santo VR! Haha... 

Maiores informações:

Hamburgueria 162
Rua Luís Coelho, 162 - Consolação
São Paulo - SP
(11) 2738-7162
(11) 2738-5162